Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2005

Eliminação de consoantes mudas (1)

Já vimos que o acordo ortográfico elimina os cês e o pês que são mudos em qualquer pronúncia culta da língua. Para dar dois exemplos, passaremos a escrever “fatura” e “batizar” em vez de “factura” e “baptizar”.

Marcelo Caetano preparava-se para eliminar estes cês e pês que não pronunciam. Para isso já dispunha de parecer favorável de reputados linguístas. Recorde-se que Marcelo praticamente acabou com o acento grave. O 25 de Abril impediu que ele tivesse tempo para levar avante o seu projecto de eliminação de consoantes mudas.

O acordo ortográfico que aguarda ratificação e entrada em vigor foi elaborado por uma comissão de especialistas com origem nos então sete países de língua oficial portuguesa. Salvo erro, estavam presentes um brasileiro – António Houaiss - e dezanove portugueses e africanos. Da parte de Portugal participaram grandes linguístas como o Prof. Lindley Cintra e o Prof. Malaca Casteleiro, que foram tratados abaixo de cão por muitos intelectuais portugueses que se portaram como homenzitos. Infelizmente, no meio de grandes polémicas homens que pensaríamos superiores acusam muitas vezes os seus adversários das maiores infâmias. Existem numerosos exemplo ao longo da história.

Em quaisquer negociações há discussão de problemas e procura das melhores soluções. Pode ter que haver cedências mútuas não humilhantes. Foi assim com as reuniões que levaram ao texto do acordo ortográfico.

Parece que no início das reuniões o representante brasileiro disse que estava tudo em discussão excepto a questão das consoantes mudas. Realmente, alguém com dois dedos de testa acreditaria que os brasileiros depois de décadas a escrever “ata” ou “adotar” iam aceitar as grafias “acta” e “adoptar”?

Em próximo artigo continuaremos a examinar esta questão das consoantes mudas.
publicado por João Manuel Maia Alves às 08:32
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Convite

. Acordos de 1990 e 1945

. Boas notícias

. Notícias do acordo ortogr...

. Ortografia – uma convençã...

. Reformas ortográficas

. São Tomé e Príncipe ratif...

. Contracções incorrectas

. Guiné-Bissau e Acordo Ort...

. Cimeira e acordo ortográf...

.arquivos

. Maio 2010

. Março 2008

. Novembro 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds