Quarta-feira, 8 de Junho de 2005

Sequências variáveis (3)

Continuemos a falar das sequências “cc” (segundo “c” com som “ç”), “pc” (segundo “c” com som “ç”), “ct”, “cç”, “pç” e “pt” em que a primeira consoante umas vezes se pronuncia outras não.

---Variações em Portugal ---

É muito mais fácil saber as variações de pronúncia da primeira letra destas sequências no Brasil do que em Portugal. Vejamos porquê.

Se procurarmos num dicionário editado no Brasil a palavra “infecção”, ficamos a saber o que ela significa e que tem a variante “infeção”. Se procurarmos “infeção”, o dicionário simplesmente informa tratar-se duma variante de “infecção”. Ficamos assim a saber que no Brasil existem as pronúncias “infèkção” e “infèção”, sendo mais habitual a primeira.

Como no Brasil, as variações de pronúncia da primeira letra correspondem a ortografias duplas, os dicionaristas sabem há décadas exactamente que letras são lidas e os seus leitores são correctamente informados. Agora procure-se “artefacto” no dicionário da Porto Editora. Não dá qualquer indicação de pronúncia. Ficamos sem saber se o cê se lê sempre, se nunca se lê ou se se lê às vezes.

O Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, conhecido como o dicionário da Academia, dá a pronúncia das palavras. Sem tirar o mérito a tal obra, merecem muitas reservas algumas pronúncias fornecidas. Dá quase sempre uma só pronúncia para cada palavra, a qual correspondente à usada por pessoas cultas de Lisboa e centro do país, como se Portugal só constasse de Lisboa e Coimbra.

O Dicionário da Academia dá para “intersecção” a pronúncia “intersèkção”, que eu nunca ouvi. Para “jacto” dá a pronúncia “jakto”. A verdade é que muita gente diz “jato”. Mesmo tomando Lisboa e Coimbra por modelo, estas pronúncias merecem muitas reservas.

A Dra. Edite Estrela diz ter dúvidas sobre as pronúncias usadas em Portugal para muitas palavras com as sequências em causa.

Com as devidas reservas aqui vão algumas palavras na ortografia portuguesa actual em que o cê da sequência “ct” umas vezes se pronuncia em Portugal e outras não: jacto, espectador, caracteres, característico, dactilografia. Para outras sequências não me ocorrem variações em Portugal.


Artigo escrito por João Manuel Maia Alves
publicado por João Manuel Maia Alves às 08:36
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Convite

. Acordos de 1990 e 1945

. Boas notícias

. Notícias do acordo ortogr...

. Ortografia – uma convençã...

. Reformas ortográficas

. São Tomé e Príncipe ratif...

. Contracções incorrectas

. Guiné-Bissau e Acordo Ort...

. Cimeira e acordo ortográf...

.arquivos

. Maio 2010

. Março 2008

. Novembro 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds